Número de licenciados duplica em 10 anos

O número de pessoas residentes em Portugal com formação superior quase duplicou na última década e representa cerca de 12 por cento da população.

Esta quarta-feira, durante a apresentação dos primeiros resultados dos Censos 2011 a presidente do Instituto Nacional de Estatística, Alda de Caetano Carvalho, explicou que esta conclusão equivale a uma evolução «mais rápida do que era previsto». 

«O nível de ensino da população residente registou progressos significativos ao longo dos últimos 30 anos», resumiu o coordenador do Gabinete dos Censos, Fernando Casimiro, citado pela agência Lusa. 

No caso do Ensino Superior, entre 1991 e 2011 o número de pessoas com formação superior «aumentou quase um milhão». Em 1991 eram 284 mil; em 2001 o número de licenciados era 674 mil, e em Março de 2011, já passava os 1.260 mil. Ou seja, só nos últimos 10 anos, o número de licenciados duplicou.

Mas as novidades não se resumem ao Ensino Superior

Os alunos que terminaram o ensino secundário também duplicaram nos últimos 20 anos passando de 643 mil, no início da década de 90, para os actuais 1.363 estudantes.

No total, os números significam que cerca de 12% da população tem formação superior - sendo que o género feminino lidera a tabela; 13% concluiu o ensino secundário; 16% tem o 3º ciclo e 13% parou os estudos depois de completar o 2º ciclo. Mas é a tradicional quarta classe que reúne a maior percentagem da população: uma em cada quatro pessoas tem apenas o ensino básico.

Em Portugal, 19% da população permanece sem qualquer nível de ensino.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 23:24 | comentar | favorito