Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Educação

Tudo sobre a educação em Portugal

Tudo sobre a educação em Portugal

Educação

26
Nov12

Mais de 86 mil estudantes do Superior já pediram bolsa este ano

adm

Até hoje foram mais os de 86.500 estudantes das universidades e politécnicos públicos e privados que, este ano lectivo, pediram bolsa de estudo para continuar os estudos no Ensino Superior.

Destas candidaturas já foram aprovados 27.221 pedidos de apoio ao Estado, segundo os dados hoje publicados pela Direcção-Geral do Ensino Superior. 

Resultados que o ministério da Educação e Ciência diz não serem possíveis de comparar com os do ano passado, já que "houve alterações nas regras de candidaturas e na análise dos processos", explicou fonte oficial ao Diário Económico.

Dos 86.509 requerimentos submetidos aos serviços para apreciação, 40.185 obtiveram já decisão final, tendo sido rejeitados 12.964.

Os restantes estão dependentes de informação considerada "indispensável para análise técnica" ou em apreciação. Em fase de audiência de interessados estão, neste momento, 9.791 processos.

O ensino público absorve a grande maioria dos pedidos de bolsa (75.500).

A tutela explica ainda que, até Maio, os alunos podem apresentar candidatura a uma bolsa de estudo. No entanto, todos os estudantes que apresentarem a sua candidatura desde o final de Setembro não vão receber o valor deste apoio na sua totalidade, recebendo uma bolsa com um valor proporcional ao mês do ano lectivo.

Recorde-se que o parlamento aprovou há um mês uma recomendação ao Governo da maioria PSD-CDS/PP, a pedir "ajustamentos urgentes" na forma como são calculadas as bolsas no Ensino Superior, para que sejam tidos em conta os rendimentos reais das famílias.

O projecto de resolução conjunto, aprovado com os votos dos dois partidos e a abstenção do PCP, PS e PEV, recomenda ao Governo que instrua os serviços de Acção Social no sentido de aceitarem "requerimentos de reapreciação do valor da bolsa de estudo atribuída" e aceitem os cortes nos subsídios dos funcionários da Administração Pública como "alterações significativas" que podem determinar mudanças no valor atribuído às famílias.

 fonte:http://economico.sapo.pt/n

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D