Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Educação

Tudo sobre a educação em Portugal

Tudo sobre a educação em Portugal

Educação

18
Set12

37 concelhos sem escolas secundárias

adm

No ano em que a escolaridade obrigatória é alargada ao 10.º ano, ainda há 37 concelhos sem escolas secundárias. Para evitar que mais alunos tenham de deslocar-se, há EB 2/3 que vão ter Ensino Secundário.


A Escola Básica dos 2.0º e 3.0º Ciclos de Viatodos, em Barcelos, vai ministrar neste ano letivo, pela primeira vez, dois cursos secundários: um de ciências e tecnologia (ensino regular) e outro de gestão e programação de sistemas de informação (profissional), confirmou ao JN Fernando Martins, do Conselho Executivo. A proposta, apresentada há dois anos, foi aprovada em julho pelo Ministério da Educação e Ciência (MEC) e vai permitir que 54 alunos continuem os estudos em Viatodos, em vez de se deslocarem 15 quilómetros até à sede do concelho ou sete até Famalicão.

O MEC confirma que, neste ano, algumas escolas do Ensino Básico vão passar a oferecer também Ensino Secundário (regular ou profissional) em localidades onde, até agora, essa oferta não existia ou estava apenas disponível na sede do concelho. A constituição de agrupamentos é uma das condições para aprovação do alargamento da oferta formativa.

Ainda assim, há 37 concelhos onde não há escolas secundárias. Em dois - Arruda dos Vinhos (Lisboa) e Manteigas (Guarda) - existem colégios particulares com contrato de associação, que permitem a frequência sem custos para os alunos. Nos restantes, a única solução é os alunos deslocarem-se a outro concelho.

Os distritos do interior e do Alentejo são claramente os mais afetados devido ao despovoamento. Só no distrito de Portalegre, em nove dos 15 concelhos não há Ensino Secundário. Em oito concelhos de Évora e Beja, também não. "Como é que é possível alargar a escolaridade obrigatória sem escolas?", questiona Adalmiro Botelho da Fonseca. Para o presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas, "é um regresso ao passado" obrigar adolescentes a grandes deslocações para irem à escola.

Sem transporte gratuito

Ao contrário do que acontece no Básico, os alunos do Secundário não têm direito a transporte escolar gratuito, nem agora que a escolaridade obrigatória está a ser alargada. O Decreto-Lei n.0º 176/2012, de 2 de agosto, que estabelece o alargamento da escolaridade obrigatória até aos 18 anos, refere que, no Secundário, o transporte só é gratuito para os alunos com necessidades educativas especiais. Os outros terão apoios, em função do escalão da Segurança Social, que serão fixados na portaria da ação social escolar.

fonte:http://www.jn.pt/Pagin


Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D