Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Educação

Tudo sobre a educação em Portugal

Tudo sobre a educação em Portugal

Educação

29
Dez10

Educação corta cinco mil professores

adm

Serviços centrais e regionais terão menos 50 dirigentes.

O Ministério da Educação cortou cinco mil professores dos mapas de pessoal das escolas no actual ano lectivo. A poupança resulta das medidas de consolidação orçamental que têm vindo a ser implementadas e que ditaram a reorganização da rede escolar. O número consta de uma resolução publicada ontem em Diário da República e que enumera as várias iniciativas para cortar o défice.

A redução do número de professores resulta "de uma gestão mais eficaz na constituição de turmas e distribuição de horários de docência, nomeadamente através do encerramento de escolas com menos de 20 alunos e da agregação de unidades de gestão", lê-se no documento.

O Ministério da Educação é um dos que pesa mais no Orçamento do Estado, tendo absorvido 14% da despesa pública deste ano, de acordo com as estimativas do Executivo. Esta é só uma das regras que fará com que o Ministério de Isabel Alçada reduza o seu orçamento em 11,1% no próximo ano.
Mas há mais: prevê-se a redução de 50 cargos dirigentes (20%) nos serviços centrais e regionais, embora não esteja clarificado quando será aprovado o diploma que implementará a regra.

No primeiro trimestre de 2011, será reduzido em 70% o número de docentes de carreira em mobilidade para funções em entidades externas ao Ministério da Educação, através da "não renovação anual dos destacamentos", frisa o documento. Esta será outra das medidas que ajudará a que as escolas funcionem com um orçamento reduzido em 5,5%, a par, por exemplo, da extinção da área de projecto e do estudo acompanhado.

Além do Ministério da Educação, também a pasta da Defesa terá novas regras no que toca à gestão de pessoal. A resolução estabelece que serão revogadas as normas que permitem efeitos retroactivos das promoções, o que implica que os futuros aumentos salariais só terão efeitos a partir do momento em que forem aprovados, deixando de se aplicar desde o início do ano. Por fim, o documento adianta que o número de militares em regime de contrato será reduzido.

fonte:http://economico.sapo.pt/noticias/educacao-corta-cinco-mil-professores_107584.html

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D