Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Educação

Tudo sobre a educação em Portugal

Tudo sobre a educação em Portugal

Educação

28
Jun12

Alunos revelam dificuldades em frações, geometria e escrita

adm

Frações, geometria e escrita são algumas das matérias em que os alunos do Ensino Básico têm mais dificuldades, concluíram os especialistas que elaboraram as metas curriculares que o Ministério da Educação lançou, esta quinta-feira, em discussão pública.

 

Na conferência de imprensa de apresentação das metas curriculares para o Ensino Básico, o ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, ressalvou que estas "não são para colmatar dificuldades", mas reconheceu que "poderão deter-se mais num aspeto ou noutro".

"Dizem onde pretendemos chegar e depois haverá estratégias para dar destaque a um ou outro aspeto em função das dificuldades dos alunos", acrescentou.

Segundo Filipe Oliveira, professor da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, no primeiro ciclo do Ensino Básico há "claramente um problema", no que toca à compreensão das frações.

Os alunos mostram "conhecimentos muito vagos e pouco consolidados sobre essa matéria", afirmou, indicando que as metas "reforçam esse ponto fraco".

Outro aspeto problemático da Matemática no Ensino Básico é a geometria, que "nos últimos anos tem ficado para trás e tem sido ensinada de forma muito vaga, perdendo a importância que merece", nos programas da disciplina.

Na Língua Portuguesa, um dos problemas principais é a escrita, referiu Helena Damião, da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.

"Há baixa capacidade dos nossos alunos de produzirem textos escritos de acordo com parâmetros de qualidade e conteúdos substantivos", referiu, acrescentando que os jovens "compreendem, mas quando chega a altura de produzirem textos escritos, há uma deficiência", que foi tida em conta na elaboração das metas.

Durante o período de transição em que as metas curriculares serão "fortemente recomendadas" nas escolas - antes de se tornarem obrigatórias em 2013/14 -, serão elaboradas metas para outras disciplinas do básico e para o ensino secundário.

Para já, estão a discussão pública as metas para Português, Matemática, Educação Visual, Educação Tecnológica e Tecnologias da Informação e Comunicação.

Nuno Crato justificou a escolha do Português e Matemática com as "apostas óbvias" destas matérias para este ministério, que lhes vê "importância essencial para os alunos e para o progresso da escolaridade".

Quanto a Tecnologias da Informação e Comunicação, precisa de metas porque está a ser colocada noutros anos, e Educação Visual e Educação Tecnológica, porque estão a ser "autonomizadas", afirmou.

fonte:http://www.jn.pt/


Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D