E.escolinha entrega menos 20 mil computadores, contratos com empresas já não estão em vigor

O programa e.escolinha, lançado em 2009, entregou mais de 230 mil computadores Magalhães, abaixo dos 250 mil inicialmente previstos, anunciou hoje o Ministério da Educação, garantindo que atualmente não há contratos em vigor com as empresas fornecedoras dos equipamentos.

O Governo anunciou hoje que vai propor o encerramento da Fundação para as Comunicações Móveis, responsável pelos programas e.escola (gerido pelo Ministério da Economia) e e.escolinha.

Em comunicado, o ministério da Educação e Ciência (MEC) esclareceu hoje que o programa e.escolinha, "gerido desde 2009/2010" por este ministério, "previa a entrega a escolas do primeiro ciclo do ensino básico de 250 mil computadores Magalhães".

fonte:Lusa

publicado por adm às 21:24 | comentar | favorito