Governo elimina disciplina de Área de Projecto no 12º ano e cria Formação Cívica para 10º

O Conselho de Ministros aprovou hoje a eliminação da disciplina de Área de Projecto no 12º ano, a criação da disciplina de Formação Cívica no 10º ano, e a introdução do exame final nacional optativo de Filosofia no 12º.

 

A disciplina de Área de Projecto é assim eliminada, no 12º ano, da matriz dos cursos científico-humanísticos, aparentemente depois de que ter percebido que haveria benefício pedagógico suficiente em utilizar as chamadas "metodologias de projecto" em cada uma das disciplinas do currículo em vez de ter a Área de Projecto como disciplina autónoma, explica o Conselho de Ministros em comunicado.

Com o corte desta disciplina dá-se um passo na reorganização curricular do ensino secundário, que entre os seus objectivos pretende diminuir a carga horária lectiva semanal dos alunos do último ano deste grau de ensino e centrar a atenção na preparação dos exames nacionais.

É na área dos exames que está outra novidade hoje aprovada: a disciplina de Filosofia da componente de formação geral passa, no próximo ano lectivo, a ter também um exame final optativo - já aconteceu no passado e depois foi eliminado da lista das opções - que integrará o leque de opções para as provas de ingresso na universidade. Mantém-se o conjunto de quatro exames obrigatórios que os alunos têm que fazer para poderem concluir o ensino secundário nos cursos científico-humanísticos, que são os que dão acesso ao ensino superior.

Por último, o Conselho de Ministros decidiu criar a disciplina de Formação Cívica, para integrar o currículo do 10º ano, para reforçar a "formação nas áreas da educação para a cidadania, para a saúde e para a sexualidade".

fonte:http://www.publico.pt/

publicado por adm às 23:53 | comentar | favorito