Cortes nas actividades extra-curriculares

Nova legislação obriga a redução drástica na oferta de clubes, apoios individuais e projectos inovadores

O novo ano lectivo arranca com uma ameaça: a escassez de oferta de actividades extra-curriculares devido a cortes impostos por lei. A situação poderá ser mais grave nos meios rurais, onde os alunos, que ali passam todo o dia, poderão ficar mais abandonados.

Clubes de Ciências, Matemática e Ecologia. Ateliés de arte e de leitura. Apoios individuais. Projectos educativos inovadores. Salas de estudo. E, também, aulas de substituição. Todo este conjunto de actividades - que ocupam os alunos nas escolas e os estimulam para novos saberes - poderá conhecer uma redução drástica nas escolas 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e no ensino secundário.

Em causa está uma nova legislação - o despacho n.º 5328, de 28 de Março de 2011 - que reduz mais de 70% o tempo que os professores têm tido, até aqui, para se dedicarem àquelas actividades não lectivas de enriquecimento curricular.

fonte:http://www.jn.pt/

publicado por adm às 23:07 | comentar | favorito