Escolas privadas lideram, mas público volta a ter média positiva

Apesar do ensino privado e cooperativo continuar a dominar os lugares cimeiros dos rankings de escolas secundárias com as melhores notas nos exames, a média das escolas públicas volta a ser positiva (10,34 valores) quando o ano passado era de 9,43%. Também a média das privadas subiu de 10,71 em 2013 para 11,64 este ano.

O Colégio Nossa Senhora do Rosário, no Porto, é a escola com a média mais alta nos exames nacionais do secundário, com 14,45 valores, de acordo o  ranking da Lusa. No segundo lugar do pódio vem a Escola Salesianos do Estoril (14,35) e em terceiro o Colégio Moderno (14,28).

O ensino privado e cooperativo ocupa as 23 primeiras posições deste ranking, enquanto a primeira pública, no 24º lugar, e é a Escola Secundária Raúl Proença, nas Caldas da Rainha.

Em termos de classificação interna final, que representa a nota atribuída aos alunos tendo em conta todo o trabalho realizado ao longo do ano lectivo, a média para as escolas privadas foi de 14,63 valores e de 13,36 para as públicas, valores muito semelhantes aos do ano anterior.

Nas provas finais do 9º ano, a melhor escola também é do Porto:  Colégio Nossa Senhora da Paz, com 4,25 valores, enquanto apenas um terço das escolas do país passa a Português e a Matemática.

Nos exames do 6º ano, sete em cada dez escolas teve negativa na média das provas nacionais. A melhor escola é o Externato Mundo da Criança, em Lisboa, com 4,21 valores (escala de 1 a 5).

No 4º ano, a média do Externato Menino Jesus, em Coimbra, foi a melhor a nível nacional nas provas finais (4,6). No entanto, se em 2.222 escolas a média das notas dos alunos do 4º ano foi positiva, nas restantes 1.757 não atingiu o nível três (numa escala de um a cinco).

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 21:20 | comentar | favorito