Universidade de Évora fecha 15 dias para poupar

A Universidade de Évora vai encerrar durante 15 dias, entre 3 e 18 de Agosto, tal como no Verão passado e no último Natal, para reduzir custos de funcionamento. 

"Como a maioria do pessoal já tinha férias nesta altura do ano, resolvemos concentrar aqui [nestes 15 dias] o período de férias e só manter abertos os serviços essenciais de forma a reduzir custos de energia e de funcionamento", disse à agência Lusa o reitor. 

Carlos Braumann explicou que alguns serviços "essenciais" vão manter-se em funcionamento, como "os serviços administrativos, o apoio aos serviços académicos e aos ingressos, os serviços informáticos e a visita turística ao edifício principal" da academia. 

"Não há quebra de serviços essenciais. Há uma concentração de férias do pessoal neste período", realçou o reitor, referindo que se trata de uma medida que está a ser tomada "pela terceira vez" pela universidade e que também foi adoptada por outras universidades do país. 

As medidas, segundo a academia, permitiram a redução de cerca de 13% no consumo de energia eléctrica, tendo sido também conseguida uma redução na ordem dos 4% no consumo de gás natural e propano e de 15% no consumo de combustíveis rodoviários. 

De acordo com o responsável, além da poupança nos custos em energia, a academia consegue reduzir os encargos com a segurança e com a limpeza.

fonte:http://rr.sapo.pt/i

publicado por adm às 22:24 | comentar | favorito