Professores vão mesmo trabalhar 40 horas a partir de Setembro

A partir de Setembro os professores mantêm a mesma carga lectiva, garante o ministro da Educação e Ciência. Nuno Crato diz que o alargamento de horário dos funcionários públicos, de 35 para 40 horas, também se aplica aos docentes, adiantando que muitos professores já dedicavam este tempo às escolas. 

“Os professores na realidade já trabalham 40 horas ou mais e, por isso, este aumento do horário de trabalho dos professores apenas reflecte uma realidade já existente”, afirmou o ministro à saída da comissão parlamentar de Educação. 

Nuno Crato garante ainda que o alargamento do horário não vai aumentar o tempo de trabalho dos professores em sala de aula. 

Ainda no Parlamento, o responsável pela pasta da Educação reafirmou que o Governo tudo fará para que se realize o exame nacional do 12.º ano, a 17 de Junho, dia de greve dos professores. 

Sem responder claramente aos deputados sobre a possibilidade de recorrer à requisição civil, Crato não afastou, no entanto, essa hipótese.

fonte:http://rr.sapo.pt/i

publicado por adm às 00:17 | comentar | favorito