Ensino superior português é o 22.º melhor do mundo

Presidente do Conselho de Reitores vê nestes “rankings” um excelente cartão-de-visita de Portugal no mundo, mas lembra que é preciso manter o investimento.  

O ensino superior em Portugal subiu um lugar no “ranking” internacional, desenvolvido pela “Universitas 21”. É o 22.º melhor do mundo. O estudo, realizado por várias universidades de todo o mundo, comparou 50 países. São avaliados os resultados das instituições e o investimento que cada país faz no ensino universitário. 

Um lugar que confirma a qualidade das universidades segundo o presidente do conselho de reitores (CRUP). 

António Rendas lembra ao Governo que “estes ‘rankings’ têm uma grande vantagem, porque são vistos não só por académicos, mas também por políticos, por gestores, por empresas”. 

“É muito importante que o Governo pondere se quer continuar a ter este valor no ensino superior em Portugal, porque isto é um cartão-de-visita excelente de Portugal no mundo”, sublinha o presidente do CRUP. 

Um dos indicadores que este ranking avalia é o investimento que é feito no ensino superior. Este ano Portugal ocupa um bom lugar, mas António Rendas avisa que os dados que estão aqui são de há três anos. 

“Vejo com grande preocupação a fase seguinte, ou seja, quando estes resultados forem publicados de 2011 e 2012, é importante que haja manutenção do apoio”, alerta António Rendas. 

O presidente do conselho de reitores lembra que nos últimos 10 anos as universidades perderam 10 milhões de euros e não é possível aguentar mais cortes no orçamento das várias instituições do ensino superior.

fonte:http://rr.sapo.pt/in

publicado por adm às 22:24 | comentar | favorito